Mundo - História e Atualidades

A Descentralização Política do Período Regencial -História e Atualidades







Mundo – História e Atualidades – Not1

A Descentralização Política do Período Regencial -História e Atualidades

images

Quer saber mais sobre História? Em hoje o Blog Not1 vai falar sobre a Descentralização Política que veio junto com o Período Regencial. Confira um resumo bem explicativo (fonte: Livro – História em Documento).

 

Com a abdicação de D. Pedro I, o Brasil foi governado por regentes, pois o herdeiro do trono era menor de idade. Os regentes procuraram acabar com a excessiva centralização política do Primeiro Reinado. Como defensores do liberalismo, os primeiros regentes aprovaram medidas para reduzir o poder do governo central e aumentar o poder das províncias como:

**Criação da Guarda Nacional, comandada por fazendeiros que recebiam a patente de coronel e podem recrutar e armar homens entre 21 e 60 anos para reprimir revoltas locais. Sua organização era descentralizada.

**Ampliação do poder do juiz de paz dos municípios que, além de julgar, passou a prender suspeitos. Como a escolha do juiz de paz era fortemente influenciada pelos fazendeiros, eram eles, na verdade, que controlavam a justiça nas cidades e vilas.

**Criação das Assembleias Provinciais com o poder de criar leis sobre impostos, educação, religião e nomeação de funcionários.

As medidas liberais descentralizaram o poder, antes concentrado no RJ, sede da Corte. No entanto, acirraram as disputas entre os fazendeiros pelo poder local. Essas rivalidades políticas envolviam também questões econômicas. Os fazendeiros do Norte e Nordeste estavam em decadência, devido a diminuição das exportações e à baixa dos preços do algodão e da cana-de-açúcar. Eles não recebiam apoio do governo para investir nas lavouras, pois as finanças nacionais estavam arruinadas.

Na mesma época, contudo, fazendeiros do RJ, SP e Mg enriqueciam com suas próprias lavouras de café no vale do Paraíba. Logo ficaram conhecidos como os “barões do café” e disputavam com os fazendeiros do Norte e Nordeste o controle político do país.

Mas, em um ponto, todos concordavam: A Defesa do liberalismo moderado, isto é, uma liberdade política que não ameaçasse a ordem social. Para os grandes proprietários de terras e escravos, ordem social significava a manutenção do escravismo. a segurança de suas propriedades, a obediência às leis e a submissão do povo.

Descentralizacao-politica

**Tem Dúvidas ou Comentários? Comente aqui!!

Assuntos do Artigo:
  • descentralização do poder no periodo regencial

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.